Cólicas em cavalos: Sintomas e como tratar

17/10/2020

Compartilhe:              


Cólica em cavalos é uma desordem relativamente comum do sistema digestivo. Trata-se de um desconforto abdominal grave provocado por gases, obstrução gastrointestinal, inflamação do intestino, entre outros fatores, que devem ser verificados junto ao seu médico veterinário.

Há diferentes tipos de cólicas, das mais simples às mais graves. Muitas vezes, um cavalo pode ter um ataque leve de dor abdominal que é facilmente resolvido com uma dose única de medicação. Em outros casos, é necessário fazer cirurgia e, infelizmente, alguns levam à morte do animal. Por esta razão, todas as cólicas devem ser tratadas como emergência.

Se você suspeita que seu cavalo está com sintomas de cólica, procure assistência veterinária imediata. Existem diferentes opções de tratamento para os cavalos que sofrem de cólicas, mas esta é uma doença em que o tratamento pode variar caso a caso.

 

Como dito anteriormente, existem várias formas de cólicas em equinos. No entanto, a maioria dos cavalos com essa condição exibem os seguintes sintomas:

– Ansiedade ou depressão

– Rolar no chão ou querer deitar-se

– Falta de defecação

– Falta de apetite

– Suor excessivo

– Taxa de pulso anormalmente alta (mais de 50 batimentos por minuto)

– Falta de ruídos intestinais normais

– Frequentes tentativas de urinar

 

Causas mais comuns da cólicca em cavalos

– Acumulação excessiva de gás no cólon

–  Parasitismo interno pesado

– Desidratação

– Ingestão excessiva de areia

– Tumor benigno no intestino

 

Diagnóstico da cólica em cavalos

Você deve se familiarizar com os sintomas de cólica para identificá-la rapidamente. Saber observar os sinais vitais do seu cavalo (frequência cardíaca, frequência respiratória e cor da membrana mucosa) são ações importantes. No entanto, sempre procure um médico veterinário.

Uma vez com seu veterinário, há uma variedade de procedimentos de diagnóstico para confirmar cólicas e ainda caracterizar sua causa e gravidade. Em alguns casos, o veterinário pode sedar o cavalo. Isso fará com que o animal fique mais confortável e vai torná-lo mais seguro para realizar diagnósticos invasivos como o exame retal.

 

Alguns medicamentos contra cólicas em cavalos

Dependendo do tipo de cólica do seu cavalo, existem diferentes opções de tratamento. Analgésicos como Banamine são usados em cada caso de cólica para ajudar a controlar a dor abdominal que pode ser bastante grave. Fluidos intravenosos podem ser necessários se o cavalo estiver desidratado ou em choque.

 

Banamine

 

Se o cavalo estiver com obstrução do aparelho gastrointestinal, geralmente, a administração de óleo mineral ou outro tipo de laxante é usado para ajudar.  O Sedacol pode ser usado nas síndromes congestivas do aparelho gastrintestinal, cólicas gasosas, meteorismo e empazinamento. O cavalo deve ficar sem se alimentar até defecar, o que indica que a obstrução passou.

 

Sedacol

 

Se o veterinário suspeitar que há uma torção em um loop do intestino, a cirurgia será necessária. O resultado de cólicas cirúrgicas dependerá do tempo inicial dos sintomas até a confirmação, a idade e a condição do cavalo, bem como a localização do problema dentro do aparelho digestivo.

Normalmente, as cólicas são facilmente resolvidas na fazenda com intervenção mínima. Enquanto o cavalo está sendo tratado, o acesso aos alimentos deve ser negado. Após a recuperação, seu cavalo deve retornar ao trabalho lentamente e preste atenção em todos os sinais que possam indicar retorno da dor abdominal.

 

Prevenção da cólica em cavalos

Ocasionalmente, um cavalo sofrerá de cólica sem razão aparente. Em tal caso, a melhor prevenção é saber os hábitos do seu cavalo para evitar um episódio de cólica no futuro. Outros aspectos preventivos incluem:

– Certifique-se que seu cavalo tenha muito acesso a água fresca e limpa.

– Assegure-se de que seu cavalo tenha acesso suficiente à alimentação em sua dieta, como pastagem ou feno. Esta parte da dieta natural de um cavalo fornece o volume necessário para o funcionamento intestinal adequado.

– Certifique-se de seu cavalo tenha check-ups dentais regulares para garantir que não há pontos afiados ou dentes ausentes que impeçam a moagem da comida corretamente.